20 Experts em fotografia revelam o segredo para tirar fotos com o celular

Você já quis tirar fotos incríveis com o celular? Você está sempre vendo as fotos das blogueiras, fotos tumblr e sempre se pergunta, como elas fazem para ter fotos tão boas?

Bom, saiba que você não está sozinho!

É exatamente por isso que eu reuni nesse artigo as opiniões dos melhores fotógrafos do Brasil, sobre como tirar fotos impressionantes com o celular!

Mas antes, tenho que abordar aqui algumas técnicas que serão mencionadas, pra você não se sentir como um peixe fora d’água rsrs.

Se você já tem conhecimentos em fotografia pode pular direto para as opiniões deles, agora, se você, assim como eu, ainda é iniciante ou só está a procura de fotos melhores pra postar, fica comigo, que os conceitos são bem importantes.

Enquadramento

Basicamente o enquadramento é tudo aquilo que está dentro do quadro, ou seja, dentro da foto. 

Essa é a parte que você pergunta, tá, mas e daí?

Você tem que analisar exatamente tudo aquilo que está em primeiro plano (em destaque na imagem) e tudo o que está em segundo plano (o fundo da imagem).

E ter a certeza de há harmonia entre eles.

Regra dos terços

Essa regra é fundamental, e se você ainda não ouviu a respeito dela, vai aprender agora mesmo!

Ela é muito simples, basta dividir a imagem em três partes iguais, verticais e horizontais.

Ainda não pegou a ideia?

Vamos lá, abra sua câmera do celular. Feito isso, vá em configurações e procure o item que ativa a grade.

A regra então é a seguinte, tudo aquilo que estiver nos pontos de intersecção das linhas, ou seja, onde as linhas se cruzam (nos pontos vermelhos na imagem abaixo), é onde tem que estar os elementos que você quer ressaltar.

Agora que você já consegue visualizar, vamos pegar uma foto como exemplo:

Regra dos terços aplicada em uma foto com um casal posicionado na intersecção das grades à esquerda.

Vale ressaltar que, não necessariamente eles têm que aparecer nos quatro pontos, você pode escolher um,dois ou mais pontos.

No caso dessa imagem o destaque está apenas nos dois pontos da esquerda, ou seja, no casal. 

Ainda não acredita que isso dá certo, observe a mesma foto em duas situações distintas:

Claramente a foto que segue a regra dos dois terços, ou seja, a da direita, é bem mais harmoniosa e dá muito mais destaque para o casal, não é?

Linha do horizonte

Existe uma regra bem similar a regra dos terços que a gente já viu, que é a regra da linha do horizonte. Perfeita para fotos que contém uma linda paisagem ao fundo!

Nesse caso, vamos dividir a imagem em três partes iguais horizontais. Feito isso, é só colocar a linha do horizonte em algumas das linhas de separação.

Ainda não pegou a ideia? Olha a imagem abaixo:

Regra da linha do horizonte aplicada a uma foto de uma praia, onde a linha do horizonte da praia está acima da linha inferior da regra.

Tudo ficou mais fácil, né? (Dá até pra usar a mesma grade da regra dos terços, rsrs)

No entanto, vale lembrar que toda regra tem exceção. Você pode não seguir a regra de colocar o horizonte em cima de alguma das linhas. Contanto que mantenha a linha do horizonte em paralelo a elas, ficará super legal! 

Perspectiva

Essa técnica também é mega importante, a foto pode ser completamente diferente quando se muda a perspectiva.

Observe o mesmo objeto em diferentes perspectivas:

Panela de fondue em três perspectivas diferentes.

Na primeira imagem vemos o objeto visto de baixo, o que gera uma impressão de superioridade, de imponência.

Na imagem do meio já vemos a panela numa perspectiva que podemos chamar de reta, seria o mesmo que tirar uma selfie com o celular na altura dos olhos.

E, Na terceira imagem vemos uma perspectiva de cima, observe que dá a impressão de inferioridade. 

Obviamente você viu a diferença entre cada um deles, nesse caso, só mudamos a perspectiva três vezes, nas dicas você verá que pode e deve fazer isso nas suas fotos, inúmeras vezes.

Você pode imaginar a perspectiva como sendo o seu ponto de vista do seu celular, portanto, para mudar a perspectiva basta somente mudar o celular de posição.

Linhas de Fuga

Esse conceito pode ser o mais complexo dessa lista, mas continua comigo que vou te explicar!

Existe uma regra matemática que diz que todas linhas paralelas se encontram no infinito. Agora que eu coloquei matemática no meio, complicou mais ainda, não é?

Mantenha a calma! 

Isso é bem simples de ser visualizado nas imagens, imagine uma rua reta em que as guias são linhas paralelas. Imaginou? Perfeito! 

Na foto, elas convergem para um ponto comum, agora complicou de novo? Rsrs. Vamos ver na prática para facilitar esse processo:

Foto de uma estrada plana, com o ponto de fuga destacado ao final da estrada.

Agora ficou mais claro, não é? Esse ponto vermelho em destaque na imagem, onde a estrada está “indo”, é um ponto de fuga!

Esse ponto fica no final da linha de fuga e é para onde os nossos olhos vão naturalmente em uma imagem. 

Tendo esse conceito em mente, chegou a hora de ser criativo, esse efeito você consegue alcançar basicamente com quaisquer linhas que sejam paralelas e que tenham alguma profundidade.

E não necessariamente o seu ponto de fuga precisa estar no enquadramento (agora você já sabe o que é enquadramento, não é mesmo?)

Simetria

Esse sem sombra de dúvidas é meu conceito preferido! Amo todas as fotos que usam e abusam da simetria.

Se você não sabe o que é simetria, é bem simples de entender.

Basta você imaginar um coração perfeito, imaginou? Ótimo! Agora corta o coração no meio e pronto! Você tem dois pedaços exatamente iguais, apesar de estarem espelhados, e isso é simetria.

Ainda tá difícil? Olha essa imagem:

Prédio com várias sacadas e janelas similares e com mesmo espaçamento entre elas, tornando a imagem bem simétrica.
Foto por Anton Darius

Observe que esse prédio fotografado apresenta uma simetria basicamente perfeita! Isto é, você pode dividir a imagem em quatro, que você terá praticamente quatro imagens iguais.

O ponto chave desse conceito é que você não precisa se limitar a fazer simetria em toda a imagem,conforme a foto do prédio acima, você pode utilizar a simetria em apenas um elemento da imagem.

Dessa forma, a foto se torna muito mais agradável de ser vista!

Texturas & Padronagens

Eu amo uma foto com textura! Rsrs. 

Textura é tudo aquilo que salta pra fora do plano! Imagina uma blusa de tricô com vários detalhes com camadas diferentes, isso é textura!

E a padronagem, como o próprio nome já diz, é o padrão que essa textura segue, ou seja, a repetição que ela tem.

Olha essa imagem abaixo e depois diz pra mim se conseguiu ver a textura e a padronagem:

Foto da areia da praia marcada pelas ondas.
Foto por Pablo Rodriguez

Essa foto de uma areia da praia, traz consigo a textura deixada pelas ondas e observem que essa textura segue um padrão de forma e movimento maravilhoso!

O mais interessante desse conceito é que eleva a experiência de quem está visualizando a imagem, é quase como se você conseguisse se teletransportar para dentro da foto.

Modo manual da câmera do celular

Primeiramente, não se limite ao aplicativo de câmera que vem junto com seu celular, você deve experimentar outros apps (A Better Camera, Pixlr e HedgeCam 2 estão entre os melhores) e ver o que melhor se enquadra nas suas necessidades.

Pegue seu celular novamente, abra a câmera, vá em configurações e tenta localizar todas as ferramentas que estou abordando neste tópico!

Ajuste de foco

Vamos começar pelo ajuste de foco manual, que é uma habilidade que merece atenção! O caminho para ajuste muda de aparelho para aparelho, mas em geral, o foco pode ser acionado com um simples toque na tela no elemento que você quer focar.

Bem simples, né?

Aproveita que está com a câmera aberta e tenta focar apenas um objeto que está próximo a você.

Exposição

Outra ferramenta excelente é a exposição, que é um ajuste necessário para cada foto, pois altera a quantidade de luz. 

Você também pode fazer esse ajuste após a foto ser tirada em aplicativos de edição de imagens (O app lightroom é o queridinho do momento para esses ajustes).

HDR

Também existe uma função chamada HDR que é excepcional! Sabe quando você tira uma foto e uma parte fica muito clara, com uma luz estourada, e outra parte na mesma foto extremamente escura?

Bom, o HDR tá aí pra controlar esses fatores e deixar tudo mais próximo do equilíbrio.

Agora observe a imagem a seguir:

Mulher com o celular tirando foto da paisagem dentro de um carro em movimento.
Foto por Ivana Cajina

Se você também é exatamente assim nas suas viagens, você precisa conhecer a próxima ferramenta!

Velocidade do obturador

Ela é chamada de velocidade do obturador, e é muito interessante! Principalmente se você ama tirar fotos com o carro em movimento!

Ela funciona com números, mas é bem simples de entender.

Quando você deixa essa velocidade mais alta você terá fotos em movimento com melhores definições e mais nítidas. 

No entanto, quando você abaixa essa velocidade, as fotos em movimentos apresentam aqueles borrões. Não sabe do que eu estou falando? Veja a imagem abaixo:

Foto de uma rodovia apenas com os borrões das luzes dos carros em movimento.
Foto por Joey Kyber

Bem legal né? Aposto que você sempre se perguntou como era feito essas imagens haha.

ISO

Outra função muito importante é o ISO, que é a abertura, exposição e balanço de brancos. Não entendeu nada com nada?

Tranquilo, vamos dizer que quanto menor o ISO mais escura será a imagem, no entanto, ela será mais limpa e consequentemente, quanto maior o ISO mais clara e com mais ruído.

Você deve estar se perguntando qual você deve utilizar, não é? Visto que, as duas opções apresentam ponto positivo e negativo.

A resposta é que depende, depende de cada foto. E para corrigir o ponto fraco da imagem, é bem simples, é só você usar as outras funções em conjunto!

Acredito que abordei as ferramentas mais importantes do modo manual, se você conhece outra que é super interessante, compartilhe nos comentários!

Agora que você já tem conhecimento de todos os conceitos básicos da fotografia, veja a seguir o ponto que cada fotógrafo entrevistado destacou para você tirar fotos profissionais com o celular!

Junior Barreto

O Junior destacou totalmente a importância da luz nas fotos, ele disse que “além de obviamente iluminar a cena, o domínio da luz ajuda na composição, onde nós podemos limpar a cena com o auxílio da luz”.

Ele também ressaltou a importância da composição, falou que “saber o que deixar na cena, o que retirar, estudar perspectivas diferentes e não habituais, esses são pilares da fotografia, seja ela de celular, câmera ou tekpix”.

Conheça mais sobre o trabalho do Junior no seu site , Instagram profissional ou de dicas.

Guilherme Bastian

O Guilherme também ressaltou a importância da luz nas fotos, segundo ele “Saber interpretar a luz, de onde ela vem, para onde ela vai, qual sombra ela projeta.”

Ele ainda continua, dizendo “Para mim essa é a principal ferramenta para ter boas fotos com o celular, a percepção da luz. Lembre-se, um bom olhar não troca de modelo nem termina bateria.”

Confira também o trabalho do Guilherme através do seu site ou Instagram.

Frankie Costa

Para Frankie “Fotografar com o celular é basicamente igual a fotografar com uma câmera fotográfica, mas é claro que com o celular você vai ter muito mesmos recursos para aplicar do que com a câmera.”

Ele ressalta a importância da composição, ele afirma dizendo que “basicamente se trata de colocar dentro do quadro da imagem, somente aquilo que você quer, então deve observar o enquadramento e a linha do horizonte equilibrada”

Frankie também dá ênfase a regra dos terços, ele continua “colocando seus personagens no terço médio da imagem ou bem centralizado, observar o que tem no fundo, se não há algo atrapalhando a leitura dos personagens principais.”

De acordo com Frankie outra coisa importante é “determinar um critério para fazer a foto, por exemplo se você quer fazer um retrato com os personagens olhando diretamente para câmera.”

Ele continua fornecendo exemplos como ”se quer fazer uma foto mais natural onde consegue captar as imagens sem que os personagens percebem que você está fotografando, ou apenas quer fazer uma foto de uma bela paisagem.”

Então ele conclui dizendo que “determinar isso ajuda você a focar mais e observar mais qual é o objetivo de sua foto, deixando mais clara a mensagem que vai colocar na imagem.”

Ainda adiciona que “afinal uma fotografia além de um registro é uma forma de comunicação e seja na câmera ou no celular, quando uma mensagem é bem clara mais atenção e força ela tem.”

Então, Frankie finaliza dizendo que “é sempre observar a luz e buscar posicionar seus personagens de maneira que a luz possa ajudar a revelar sua mensagem, cuidar para não fotografar contra a luz, a não ser que deseje fazer uma bela silhueta.”

Ele ainda ressaltou a importância do celular como registro, segundo ele “podemos ter a mão esta ferramenta que vai gerar muitas recordações incríveis do nosso dia a dia.”

Conheça mais sobre o trabalho do Frankie no seu site ou Instagram.

Lauro Maeda

O Lauro começou ressaltando a importância de fotografar com o celular, de acordo com ele “Os poucos recursos oferecidos pelo dispositivo, nos forçam a explorar pontos de vista diferentes e novas abordagens com novos planos.” 

Ele continuou ressaltando a importância da composição, ele afirmou que “Claro que os filtros e efeitos são bem-vindos, mas a fotografia, na sua essência, conta muito com a composição.”

Ele ainda completa dizendo “regra dos Terços, Perspectiva, Linhas de Fuga, Ponto de Vista, Simetria, Texturas & Padronagens, são alguns princípios fundamentais para uma boa composição!”

Confira também o trabalho do Lauro através do seu site ou Instagram.

Alexandre Machado

A dica do Alexandre também é muito boa, que é “pensar no enquadramento antes de fazer a foto, ficar atento aos elementos da cena e a composição, usando a regra de terços.”

Conheça mais sobre o trabalho do Alexandre no seu site ou Instagram.

Fábio Penna

De acordo com o Fábio a diferença está em “estudar sobre ângulos e composição, e também saber usar a função manual da câmera do celular.”

Confira também o trabalho do Fábio através do seu site.

Mauro Holanda

O Mauro traz uma dica fantástica, ele recomenda que “a primeira coisa que você deve olhar é o fundo e depois se preocupar com o assunto principal. Uma foto linda pode ser comprometida por um fundo errado que chama mais atenção que o assunto principal.”

Conheça mais sobre o trabalho do Mauro no seu site.

Cláudio Edinger

Cláudio começou dizendo que “não há resposta simples e fácil para se fazer boas fotos com o celular. Seria o mesmo que perguntar para um escritor como fazer ótimos textos já que eu tenho o Word… né?”

Ele ressalta que “Fotografia requer muito estudo, muito!”

E nos deixou algumas dicas importantíssimas, a primeira delas é “escolha cuidadosamente a luz do ambiente em que está fotografando. Cedinho ou no fim do dia são minhas luzes favoritas.”

A segunda dica é que “contra luz também funciona muito bem mas é preciso saber como sua câmera, seu celular, reage às diferentes luzes.”

Outro ponto muito importante, segundo ele, é que “para se saber disso temos que fotografar muito, sempre o tempo todo. Assim adquirimos familiaridade com o equipamento, com todas suas possibilidades.”

De acordo com ele “O equipamento não responde bem à captura de movimento. É preciso treino para saber exatamente quando capturar o momento que queremos, existe uma pequena diferença entre o momento certo e o apertar do botão do clique.”

Cláudio ainda contou uma de suas experiências, ele disse “quando fui fotografar boxe, com uma câmera normal, percebi que se eu via o golpe a imagem sairia tarde demais. É preciso

antecipar o momento, adivinhar quase, quando o cara vai dar o soco e quando o soco vai congelar na cara do outro. Isso vem com a prática.”

A quinta dica que ele nos conta é que “onde você fotografa é muito importante também, claro. Um lugar lindo gera imagens lindas, é meio óbvio isso”.

E ele finaliza dizendo que “quando for fazer um retrato procure angular a pessoa. Em vez de ombros diretamente na nossa frente, procura colocar o ombro direito na frente ou o esquerdo.”

E continua falando que “o mesmo vale para as expressões. Procure girar o rosto pra direita, pra esquerda, tirando várias fotos até encontrar o melhor ângulo da pessoa.” 

Por fim, Cláudio afirma que “todos temos ângulos melhores dos nossos rostos. Por exemplo eu gosto de ser fotografado de cima pra baixo. Não aparece o queixo duplo”

Confira também o trabalho do Cláudio através do seu site.

Rogério Miranda

O Rogério nos falou que ele prefere “deixar as linhas paralelas, ou um enquadramento direto com o assunto principal focalizado no meio do quadro.”

Conheça mais sobre o trabalho do Rogério no seu site.

Johnny Duarte

O Johnny nos falou que  “A fotografia depende da sua criatividade e conhecimento, não do seu equipamento, o equipamento só registra a sua criação”.

Ele continua dizendo que “antes de pegar a câmera ou celular para clicar, crie sua fotografia, desenhe ela mentalmente, planeje para que ela aconteça e congele o momento”.

Como diria Mark Twain:

“Você não pode depender da sua visão se sua mente está fora de foco”.

Confira também o trabalho do Johnny através do seu site.

Vinicius Fadul

O Vinicius falou que para ele é essencial a movimentação do fotógrafo, segundo ele “ter novos pontos de vista, abaixar, subir, ir para longe e chegar mais perto. Se movimentar é crucial.”

Conheça mais sobre o trabalho do Vinicius no seu site.

Akira Cravo

O akira deu uma dica bem interessante que foi sobre ter senso estético, ele disse que “não importa o objeto que vc usa para fotografar, mas sim calma e senso estético para sair uma boa foto.”

Confira também o trabalho do Akira através do seu site.

Andrew França

O Andrew abordou 3 aspectos importantes, o primeiro, segundo ele é “fotografar com o celular e não esperar ter uma câmera “profissional” para começar.” 

Ele continua dizendo sobre a importância da composição, ele afirmou que “Isso não só molda o olhar, como também não depende de uma câmera fotográfica.”

Outra dica super importante que ele forneceu é a seguinte “conheça o trabalho de grandes fotógrafos de diversas áreas. Expandir sua cultura visual é essencial para desenvolver seu portfólio.”

Conheça mais sobre o trabalho do Andrew no seu site.

Cláudio Silva

O Cláudio também abordou a importância da composição ele recomenda que “usem as regras de composição básicas de fotografia: (regra do terços, respeitar a linha do horizonte, usar linhas de condução e molduras).”

Também continua dizendo que “além de conhecer bem o celular que utiliza conferindo o manual do usuário os recursos que o mesmo tem incorporado, alguns são bem poderosos, irão se surpreender.”

Ele termina com uma dica super importante que é “sempre checar a lente da câmera pois as vezes está suja com poeira ou gordura dos dedos e cria uma aparência de desfoque na imagem.”

Confira também o trabalho do Cláudio através do seu site ou Instagram.

Bruno Kriger

O Bruno nos contou que “sempre devemos buscar o básico da fotografia!”, ele ainda acrescentou dizendo que “O que, na minha opinião, torna uma fotografia boa é o conteúdo dela, que história ela carrega, onde me questiono que local estava o fotógrafo para fazê-la e o que ele queria passar nela.”

Então, de acordo com Bruno a foto faz parte de “Um momento único ou um momento do cotidiano, o que me faz refletir e sentir. Somando tudo isso com uma boa luz e composição!”

E concluiu dizendo que “a melhor técnica para fotografar com o celular seria buscar uma boa luz e entender um pouco de composição!”

Conheça mais sobre o trabalho do Bruno no seu site.

Ivan Almeida


O Ivan iniciou dizendo que “a fotografia é e deve ser tratada como arte. Fotos criativas tendem a chamar mais a atenção. Um olhar diferenciado valoriza ainda mais suas imagens.”

Ele ainda continua dizendo que “a procura de ângulos inusitados tendem a criar imagens bem interessantes e atrativas aos olhos do espectador. Acertos e erros também fazem parte, as vezes uma pequena alteração faz toda a diferença.”

E concluiu com uma dica incrível, segundo ele “fotografar de diversas maneiras o mesmo assunto é o melhor caminho para encontrar a imagem perfeita.”

Confira também o trabalho do Ivan através do seu site ou Instagram!

Vinicius Terror

O Vinicius começou dizendo que “uma boa dica é entender como funciona uma câmera em modo manual, aprender a ajustar a velocidade, abertura e o ISO das suas fotos.”

Ele nos contou que “isso vai valer pra qualquer coisa, celular, câmera cara, câmera barata… O que acontece é que muitas vezes quando a gente tá usando o celular pra fotografar a gente fica só no automático e confia na inteligência do celular pra tomar essas decisões por nós.”

Vinicius também nos disse que “quando tá um dia de sol, bem iluminado e colorido, tudo bem, mas quando as condições não são perfeitas, o celular no modo automático dificilmente vai te dar uma boa foto.”

Então, ele conclui dizendo que “estudar sobre composição e ter uma boa leitura de luz também vai te ajudar a fotografar com qualquer equipamento.”

Conheça mais sobre o trabalho do Vinicius no seu site.

Milena Cavichi

Milena iniciou dizendo a sua própria experiência com a câmera do celular, segundo ela “quanto profissional da fotografia já utilizei somente o celular para registrar viagens e momentos informais em família, inclusive na minha última viagem a Europa o celular foi um grande aliado, pois além de leve e prático me permitiu registrar os melhores momentos de forma fácil e rápida!”

Sua primeira dica foi que “a qualidade da fotografia tirada no celular geralmente requer uma fonte de luz iluminando o o objeto/pessoa a ser fotografado, então a primeira dica é sempre observar a posição da luz e sempre usá-la a seu favor.”

Ela continuou dizendo “uma vez feito isso analise as linhas e procure manter o horizonte reto dependo da fotografia que você for tirar isso ajuda bastante na estética da imagem.”

Também, acrescentou “falando em estética observe também a composição, organize o cenário que irá fotografar e se conhecer um pouquinho sobre as regras de enquadramento utilize-as a vontade.”

Milena também deu uma dica incrível para fotos em ambiente escuro, ela nos disse “se você estiver acompanhado e tiver mais de um celular em mão, num ambiente escuro, mais a noite, você pode utilizar o led de um celular posicionando-o a 45º sempre mais alto que o objeto fotografado, o led do celular é uma ajudinha extra que irá destacar e dar mais ênfase no objeto principal. “

E ela finalizou com uma dica essencial que é “não esqueça de limpar a lente do celular antes de fotografar, como ele tende a ficar sempre em nossas mão, a lente pode facilmente sujar e isso não é legal!”

Confira também o trabalho da Milena através do seu site.

Marco Costa

Marco iniciou dizendo dos diversos recursos que o celular no oferece, segundo ele “existem muitos recursos nos celulares sobretudo com aplicativos que ajudam na captura (fundo desfocado por exemplo) e tratamento das fotos depois de tiradas. “

E, complementou dizendo, “porém prefiro ir por um caminho que tem a ver mais com a essência da fotografia. Luz e composição. Seja com uma câmera de US$ 10.000 ou com um celular o uso correto da luz e de composição podem ajudar muito na qualidade de uma fotografia.”

Então, ele deu a primeira dica que é “se você gosta de fotografar paisagens ou o cotidiano de uma cidade, pegue o seu celular e opte por fotografar nas primeiras horas da manhã ou últimas horas da tarde. Nestas horas a temperatura (cor) da luz é mais agradável e o ângulo de incidência nos da uma relação melhor entre luz e sombra que é um segredos da fotografia.”

E continuou dizendo que “se prefere fotografar pessoas, o mesmo raciocínio também serve, porém conseguimos fotografar pessoas em qualquer hora do dia, desde que saibamos onde colocá-las em relação a luz. “

Marco ainda complementou, segundo ele “se vou fotografar uma pessoa ao meio dia com um sol forte, vou optar por colocá-la na sombra, iluminada por luz indireta.”

E finalizou com uma dica incrível, ele nos disse que “sobre a questão da composição é referente ao ângulo, ou seja, onde colocamos o celular no momento da foto. Colocar o telefone mais alto ou mais baixo, ou mesmo rente ao chão pode mudar completamente a fotografia. Experimente isso!”

Conheça mais sobre o trabalho do Marco no seu site.

Wiliam Perin

Wiliam começou nos contando da sua experiência, segundo ele “gosto tanto da ideia de fotografar com o celular pela liberdade e informalidade que ele nos proporciona. De repente sua câmera cabe no bolso, você não tem que se preocupar com iso, velocidade, abertura, balanço de branco, etc.”

Ele continua dizendo que “basta enxergar o assunto, perceber a luz, compor, ajustar a exposição, esperar o momento certo e fotografar. É libertador!”

E, destacou um ponto bem importante, ele nos disse que “além do fato que, o fotógrafo em questão, passa mais facilmente despercebido pelo assunto desejado, uma vez que alguém com um celular na mão não necessariamente é um fotógrafo. “

Wiliam então complementa dizendo que “diferente do sujeito que empunha uma câmera fotográfica, este mais facilmente é percebido pelo assunto desejado. Logo o flagrante, a espontaneidade, a naturalidade se torna mais fácil para aquele que não é percebido como fotógrafo.”

Ele ainda complementou dizendo que “é onde basicamente a fotografia com o celular se diferencia da tradicional. Já quanto ao ato de fotografar e pensar fotografia, este é praticamente o mesmo.”

Ele ainda finaliza dizendo que “tudo se baseia no conteúdo da imagem e na relação dele com o fundo e a luz. Simplificando, você sempre terá uma fotografia bem feita se o assunto da fotografia for interessante, e este receber mais incidência de luz que o fundo. Ainda quanto ao fundo, mantenha ele sempre limpo, homogêneo e livre de distrações.”

Confira também o trabalho do Wiliam através do seu site ou Instagram.


Depois de todas essas dicas tenho certeza que suas fotos ficarão impressionantes!

Se você quiser continuar aprendendo cada vez mais sobre como tirar fotos profissionais com o celular e sobre fotografia se inscreva na nossa newsletter e receba sempre notificações de posts novos!

2 Replies to “20 Experts em fotografia revelam o segredo para tirar fotos com o celular”

  1. Eu sempre havia me perguntado como ter uma boa fota para postar nas redes sociais e finalmente alguém me deu várias tipos de respostas diferentes. Obrigada pela ajuda.

Deixe uma resposta